O proprietário do Facebook Meta ganhou o “Prêmio” de Pior Empresa de 2021

O proprietário do Facebook Meta ganhou o “Prêmio” de Pior Empresa de 2021

20 de dezembro de 2021 Off Por MasterYa

Yahoo! Caijing conduziu uma pesquisa entre os usuários para descobrir qual empresa é a “pior empresa” em 2021 aos olhos do público. O título gerou polêmica, mas acabou com uma empresa que até mudou de nome nos últimos meses: Meta.

Uma empresa anteriormente conhecida como Facebook, que agora possui redes sociais e outras plataformas operadas por Mark Zuckerberg, como Instagram, WhatsApp e Oculus. A mudança de nome ocorreu em outubro e tem como objetivo conduzir a empresa a um novo foco: Metaverso.

A pesquisa foi conduzida de 4 a 5 de dezembro de 2021, e 1.541 respostas foram geradas – todas de leitores do site, incluindo investidores e entusiastas do mercado de ações. No geral, a empresa-alvo recebeu 8% dos votos em votação pública, ou seja, não há alternativa pré-definida.

facebook-logo

A reformulação na marca gerou respostas positivas e negativas do público.

Na verdade, este ano não é um ano positivo para os gigantes. Em outubro, documentos e pesquisas internas vazadas por um ex-diretor da empresa mostraram que a rede da marca está prejudicando a saúde mental de jovens usuários e interrompendo a democracia em alguns países sem tanto controle sobre as postagens. Um novo relatório chamado Facebook Papers, que apareceu algumas semanas depois, detalhou essas práticas controversas.

Quase ao mesmo tempo, o Facebook mudou de nome e passou a apostar cada vez mais nos serviços do Metaverso de realidade virtual (RV). No entanto, cerca de 30% dos que votaram a favor da meta afirmaram que a empresa “pode se resgatar” no futuro – principalmente devido ao novo rumo e às eventuais mudanças nas políticas internas e moderação.

jack-ma-um-dos-fundadores-e-ex-ceo-do-grupo-alibaba-e-criador-da-fundacao-que-leva-seu-nome-1576705457234_v2_4x3

Quem mais foi citado?

Embora não tenha publicado resultados mais precisos, o Yahoo! Caijing lançou algumas marcas que são frequentemente mencionadas em pesquisas de opinião pública.

Por conta da desvalorização dos estoques, a operadora americana AT&T e a gigante chinesa Alibaba apareceram na lista, principalmente por conta das sanções impostas pelo governo chinês. O dono do AliExpress é a segunda pessoa mais citada, com menos de 4% dos votos.

No início deste ano, o aplicativo financeiro Robinhood foi mencionado por seu papel em um escândalo envolvendo a compra de fundos de empresas como a Gamestop.

Duas montadoras Hyundai também receberam votos elevados. O principal deles é Nicolas, cujo fundador foi formalmente acusado de fraude este ano por mentir no caminhão que desenvolvia desde 2016. O outro é Tesla, que tem sido criticado por atrasos contínuos em veículos, novas alegações de assédio e “personalidade”. O CEO Elon Musk, ele até ganhou o título de Pessoa do Ano pela revista Time.

 

 

fonte : tecmundo.com.br